BRAGA - O Comércio está no Centro
COMÉRCIO CAMPANHA ACTIVIDADES COOPERAÇÃO EQUIPA NOVIDADES IMPRENSA CONTACTOS
 
   
 
 


Objectivos

O projecto “BRAGA – O Comércio está no Centro” resulta de uma candidatura da ACB, no âmbito do SIAC – Sistema de Apoio a Acções Colectivas, apresentada ao Programa Operacional Regional do Norte – ON.2 “O Novo Norte”.


Públicos

Dada a natureza múltipla e diversificada da oferta comercial e de serviços do centro urbano de Braga, o critério de segmentação é de natureza geográfica. Pretende-se sensibilizar os residentes do concelho de Braga e concelhos limítrofes, além de potenciais compradores a sul, até à área metropolitana do Porto, e a norte, até à Galiza.


Estratégia

A estratégia criativa desenvolvida para a campanha procura mostrar a vantagem da oferta diversificada e rica do centro da cidade aliada à moldura histórica de um passado bimilenar onde os consumidores podem efectuar as suas compras e, simultaneamente, visitar e fruir múltiplos locais de interesse turístico, memorável e lúdico.

O MAIOR CENTRO COMERCIAL DO PAÍS TEM 2000 ANOS é um slogan que, apoiado graficamente em referências à fundação da cidade pelos romanos, persegue essa ideia de urbe ancestral de natureza estratégica para as comunicações e transacções comerciais, e corporiza uma visão que nasceu há dois milénios, mas que ainda hoje se mantém actual.

As mensagens da campanha foram concebidas para, numa palavra, traduzirem a ideia que é em Braga, designadamente no seu centro urbano, que se fazem as melhores compras.


Resultados

A Associação Comercial de Braga delineou um conjunto de objectivos, circunscreveu um dado público-alvo e traçou uma estratégia apropriada tendo em vista um conjunto de resultados que espera alcançar com os meios que tem à sua disposição. De forma esquemática, os frutos da campanha devem-se traduzir-se nas seguintes grandes linhas:

1. Mobilizar os empresários dos estabelecimentos comerciais e de serviços
2. Atingir o maior número de consumidores/compradores dos públicos-alvo com a campanha
3. Prender a atenção dos meios de comunicação social
4. Aumentar o número de visitantes do centro da cidade (residentes e não residentes)
5. Comunicar as vantagens da utilização do comércio e serviços do centro da cidade
6. Aumentar o volume de negócios dos estabelecimentos do centro da cidade
7. Reforçar a imagem de Braga - Capital do Comércio


Marca

A marca concebida para a campanha é constituída pelo símbolo, logótipo e assinatura. A fonte escolhida para BRAGA é moderna, mas é simultaneamente um tipo de letra que sugere a ancestralidade da cidade, enquanto que a da assinatura estabelece o necessário contraponto moderno e jovem. O símbolo inspira-se no sinal de trânsito que indica o centro da cidade e possui um apontamento gráfico que remete para a memória da riqueza histórica da urbe.


Mascote

A mascote desenhada para a campanha é um elemento da marca humanizado, com os braços dispostos numa postura dinâmica, e contém a marca no tronco para tornar clara a sua identificação. O cabelo, inspirado nas ameias dos edifícios seculares, sugere o património histórico e arquitectónico e confere uma nota de ancestralidade.